Chapada Diamantina

TYPOLOGIES
DIFFICULTY

Intenso

MIN. AGE

Livre

Reserve Agora $

Apresentação

No interior do estado da Bahia existe uma joia natural brasileira, a Chapada Diamantina. Diversas vistas panorâmicas de tirar o fôlego são encontradas entre uma cachoeira e outra, e compõem um dos melhores trekkings do Brasil. Os contornos do horizonte são perfeitamente desenhados para uma experiência sem igual. Imersão total e completa em um lugar sem comparação no mundo.

Atrações

O colonial povoado de Lençois, a hippie vila de Capão
A imensidão do Parque Nacional da Chapada Diamantina
Os caminhos ventosos e as refrescantes cachoeiras
Noites no coração do Parque, contato com os locais e sua cultura

Especificações do Pacote

saiba mais com o agente de viagens.

Serviços NÃO inclusos

saiba mais com o agente de viagens.

Mapa

Dia a dia

DIA 1 - SALVADOR – LENÇÓIS

Às 06:00, encontro no lobby do hotel. Translado em veículo privado à estação de ônibus de Salvador. Às 07:00, saída de ônibus em direção a Lençóis, capital da Chapada Diamantina. Trajeto de 06H30 para 415 km. Sem recepção na rodoviária; chegada ao hotel por meios próprios. Instalação e fim do dia livre. Os arredores da vila oferecem muitas oportunidades para descobertas. Opcional: descobrir a cidade colonial construída em torno da exploração do diamante ou se banhar nas piscinas Serrano com vista para a cidade, o rio Grizante e seu escorregador natural. Passagem de ônibus incluída. Refeições não incluídas. Pernoite em pousada.

DIA 2 - LENÇÓIS – VALE DO RIBEIRÃO – CAETÉ AÇU

Às 08:30, encontro no lobby do hotel com o guia de turismo. Ele acompanhará o grupo pela caminhada no Parque Nacional da Chapada Diamantina e Vale do Pati. O dia começa com a subida pelos flancos de Lençóis antes de chegar no vale do Ribeirão. Curso entre colinas e leitos de rios. Pausa para almoço antes de seguir para o Vale do Capão. O panorama grandioso e seu Morrão se estende no crepúsculo. Uma curta viagem leva você para Caeté Açu; destino do dia, perdido no tempo. Tempo livre na aldeia. Refeições incluídas. Pernoite em hotel.

DIA 3 - CAETÉ AÇU – CACHOEIRA DA FUMAÇA – CAETÉ AÇU

Após o café da manhã, curta translado para o sopé de uma das encostas do vale. Subida ao planalto que leva a um símbolo da região: a Cachoeira da Fumaça. Caminhada de 03H00 para 300 metros de altitude. A cascata tem 370 metros de altura e é a mais alta do Brasil. Seu apelido vem do refrescante halo criado pelas rajadas de vento que varrem o desfiladeiro rochoso. Piquenique no topo. Na descida, oportunidade para um mergulho refrescante nas águas do Riachinho. Retorno a Lençóis no final da tarde. Noite livre. Refeições não incluídas. Pernoite em hotel.

DIA 4 - CAETÉ AÇU – GERAIS DO VIERA & RIO PRETO – VALE DO PATI

Após o café da manhã, traslado ao fundo do vale, em Bomba. A caminhada do dia leva ao coração do parque nacional. O caminho é longo, 06H00 a pé por 600 metros de altitude, mas a natureza recompensa os andarilhos a cada momento. Paisagens seguem uma a outra nos platôs. As aves são discretas. Piquenique frente a imensidão do Brasil e suas formações únicas. Descida íngreme no coração do cânion antes da última passagem que leva ao Vale do Pati. Instalação na Raquel. Oferece abrigo e comida. Noite livre sob as estrelas. Refeições incluídas. Pernoite em casa de habitante.

DIA 5 - VALE DO PATI / CAHOEIRÃO POR CIMA

Um dia esportivo ao ar livre está chegando! 5 horas a pé para 500m de desnível. Após o café da manhã, caminhada pela trilha das mulas até o planalto do Rio Preto. A grama curta facilita a progressão nas gigantescas paisagens das chapadas. O terreno plano desaparece em frente à entrada do Vale do Rio Cachoeirão. O esforço é recompensado, o rio corre apressadamente no vazio rochoso de Pati. Pausa para almoço às vistas deste cartão postal antes de retornar ao vale para a noite. Retorno em direção às delícias da noite. Refeições incluídas. Pernoite em casa de habitante.

DIA 6 - VALE DO PATI

Após o café da manhã, direção sul até os recantos do vale. O ritmo é lento, para economizar as energias, vemos as luzes do Morro do Castelo e do Morro Branco. Caminhada de 03H00. Almoço à beira de uma cachoeira. Tempo livre e natação antes de se juntar, entre os córregos, à casa do Sr. Joia. Ele recebe os caminhantes exaustos com um sorriso no rosto. Uma alegria como o nome sugere! Jantar e tempo livre sob as estrelas. Refeições incluídas. Pernoite em casa de habitante.

DIA 7 - VALE DO PATI – ANDARAÍ – LENÇÓIS

Após o café da manhã, a caminhada começa com destino a vila de Andaraí. Caminhada de 06H00 para 550 metros de altitude. O cenário apresentado pelo vale é hipnotizante. Progresso lento em encostas íngremes. O cume oferece uma pausa merecida. Almoço ao redor de um ponto de água antes de mudar para a encosta com vista para Andaraí. O contraste é surpreendente. A paisagem é árida e pedregosa, resultado de anos de exploração desenfreada de diamantes. Lá, espera por um veículo terrestre. Translado para Lençóis. Trajeto de 01H20 para 100 km. Noite livre. Almoço incluído. Jantar não incluído. Pernoite em hotel.

DIA 8 - LENÇÓIS – SALVADOR

Manhã livre. Ao meio dia, chegada à rodoviária de Lençois por conta própria. Às 13:00, partida do ônibus para Salvador. Trajeto de 06h30 para 415 km. Recepção à chegada e translado em veículo privado para o hotel. Instalação e noite livre. Passagem de ônibus incluída. Refeições não incluídas. Pernoite em hotel.